Entenda a relação entre a Depressão e a saúde bucal

depressão e a saúde bucal

Entenda a relação entre a Depressão e a saúde bucal

O equilíbrio do corpo envolve aspectos físicos e emocionais, e algumas reações do sistema nervoso podem interferir na saúde do paciente, inclusive na saúde bucal.

A pandemia afetou a saúde mental das pessoas em geral no mundo todo, e este cenário desencadeou problemas psíquicos como a depressão.

Em 2020, devido à pandemia de COVID-19, foi constatado em nível global um aumento significativo dos quadros depressão e ansiedade de 25%, de acordo com um estudo divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo matéria publicada no portal G1.

Segundo este estudo, o número de casos de transtornos de ansiedade aumentou 25,6%, e os de depressão, 27,6% no ano de 2020.

Estudos realizados por profissionais capacitados, demonstram que a depressão interfere na saúde bucal, de duas formas: pessoas com problemas bucais estão mais suscetíveis a sofrer de depressão e pacientes que sofrem de depressão tendem a ter mais problemas bucais.

Um estudo divulgado pela American Psychosomatic Society voltado para a medicina comportamental, analisou pesquisas realizadas com pacientes psiquiátricos e identificou que eles possuem 2,8 vezes mais risco de perder os dentes.

Esses pacientes apresentavam mais cáries e obturações, em comparação com pessoas sem problemas mentais.

Diversos fatores acarretam este cenário, principalmente hábitos alimentares inadequados e falta de higiene bucal.

Além disso, geralmente, pacientes com depressão buscam compensações ou desenvolvem compulsão por alimentos ricos em açúcares como chocolates, por exemplo.

Esses tipos de alimentos, também conhecidos como “comfort food”, trazem uma sensação de satisfação momentânea ao paciente, gerando um alívio imediato ao sintomas da depressão e ansiedade.

No entanto, o excesso do consumo desses alimentos e o descuido na higienização após o consumo, aumenta os riscos de cáries.

Esse comportamento, a médio prazo, acarreta uma deterioração da estrutura dentária devido à presença de bactérias na boca.

Outro ponto importante é que alguns transtornos mentais levam a redução do autocuidado, e a pessoa começa a deixar de lado a higiene bucal, dentre outros cuidados básicos consigo mesmo.

A longo prazo, esses comportamentos costumam piorar e ocasionar perdas dentárias, devido ao agravamento dos problemas bucais.

Isso significa que, estatisticamente a depressão está intimamente ligada à saúde bucal.

Esse dado é importante pois revela que a depressão pode ser um fator de risco para a saúde bucal.

Qual a relação entre a Depressão e a saúde bucal?

Em outras palavras, quando o paciente apresenta problemas psicológicos, como a depressão, por exemplo, geralmente os cuidados pessoais passam a ser negligenciados, dentre eles a higiene bucal.

Neste contexto, podemos dizer que o cuidado ou não com a saúde bucal pode ser um indicativo ou mesmo um alerta inicial de algo anormal no estado psicológico deste paciente.

Além disso, segundo especialistas da área médica, o uso prolongado de medicações psicotrópicas provoca um efeito colateral de ressecamento da boca ou boca seca.

O tabagismo também é mais comum em pessoas com depressão, o que também prejudica a saúde bucal.

As cáries, gengivites e outros problemas dentais tendem a ser mais frequentes em pessoas que apresentam algum problema psíquico.

Conclusão

O cenário delineado neste post, demonstra claramente que a relação entre a depressão e a saúde bucal, é, na verdade uma via de mão dupla.

Se por um lado, a estética dental é um fator que pode interferir nos quadros de depressão, por outro lado, a depressão gera atitudes por parte do paciente, que podem prejudicar a saúde bucal.

Desta forma, é preciso considerar esses fatos, sobretudo para os pacientes adolescentes, os quais devem ter atenção especial dos pais caso apresentem essas características.

Gostou de saber mais sobre a relação entre a depressão e saúde bucal? Conheça mais sobre as nossas especialidades e tratamentos odontológicos navegando pela área de Blog do nosso site!

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco, será um prazer atendê-lo!